Policial

Delegado autua acusados de espancarem professor por crime de tortura motivado por homofobia

Polícia-Civil-Foto-Divulgação-696x519-1-536x400 Delegado autua acusados de espancarem professor por crime de tortura motivado por homofobia

O caso do espancamento do serra-branquense Luiz Carlos Rodrigues ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (18).

De acordo com o Delegado Dr. Edson Vasconcelos o primeiro acusado preso já foi encaminhado para a Cadeia Pública de Serra Branca e estará sendo autuado pelo crime de tortura motivado por homofobia.

A polícia está em diligências desde o ocorrido e procura por outros possíveis participantes do crime.

O professor Luiz Carlos ainda se encontra hospitalizado no Hospital de Trauma de Campina Grande. A população da cidade ainda se encontra bastante revoltada com o acontecido e cobra justiça para o caso.

O PIPOCO

CL

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar