CidadesDestaques

Dia Nacional do Doador: Precisamos fazer o bem doar sangue é um bom começo

 cd4d6491-9601-480b-98f7-e2ce05416d61-1024x768 Dia Nacional do Doador: Precisamos fazer o bem doar sangue é um bom começo

O Jovem João Paulo Batinga que reside na capital paraibana, começou a doar sangue há 3 anos e nunca mais parou. João Paulo disse que virou doador de sangue após um amigo seu precisar, ele disse que se sentiu bem em fazer aquela atitude  tão simples e valiosa.

“O mundo anda muito mau e com muita violência, não custa nada cada um fazer a sua parte, atitude como essa nos torna mais humanos, saber que quem doa sangue pode salvar vidas, isso é muito gratificante, finalizou o doador.

Saiba quem pode doar

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos.

Menores de 18 anos só podem doar com a autorização de um responsável legal. Vale lembrar que os doadores frequentes, sejam homens ou mulheres, não podem deixar de obedecer ao intervalo mínimo entre uma doação e outra, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

O interessado em doar sangue deve ir até uma unidade do Hemoes, apresentar um documento oficial com foto e responder a um questionário.

Em seguida, passará por triagem para avaliar sua condição de saúde e verificar se está apto para doar sangue. Caso o voluntário tenha almoçado, é necessário aguardar três horas após a refeição para fazer a doação.

App doadores de sangue

A jornalista contou que quando começou a ser uma doadora frequente, ela baixou uma aplicativo para auxiliá-la. Camado Hemoliga, “o app me avisa as datas que devo doar”, explicou Polyanna.

O aplicativo foi idealizado e desenvolvido pelo Hemocentro do Rio Grande do Norte (HemoNorte) e a Paraíba foi o terceiro estado do Nordeste a aderir ao sistema, que estabelece uma interação e integração entre os doadores e o Hemocentro. Atualmente, o aplicativo já existe, além da Paraíba e Rio Grande do Norte, no Amazonas, São Paulo, Pará, Rio Grande do Sul e Bahia.

De maneira rápida, os doadores tem informações de quando podem realizar novas doações, além de ter acesso ao banco de sangue e saber se o Hemocentro da Paraíba está precisando do seu tipo sanguíneo. O aplicativo está disponível para Android, IOS e Windows Phone.

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar