Diversas

Há 37 anos, o Brasil parava para recepcionar extraterrestres

extraterrestre-300x200 Há 37 anos, o Brasil parava para recepcionar extraterrestres

Há exatos 37 anos, em 8 de março de 1980, o Brasil e o mundo pararam para acompanhar uma recepção de alienígenas em Casimiro de Abreu. Localizada no interior do Rio de Janeiro, a cidade recebeu uma multidão de curiosos para assistirem à chegada de extraterrestres vindos de Júpiter. Juntamente com o primeiro contato, os jupterianos trariam de volta quatro pessoas que haviam sido abduzidas anos antes.

A curiosa história da chegada de discos voadores à cidade foi anunciada ao ´mundo´ por Edílcio Barbosa, mais conhecido como “Mensageiro de Júpiter”. A notícia, que mais parecia o enredo de um filme de ficção científica, tinha data e hora marcada para o pouso dos discos voadores e atraiu milhares de pessoas a pacata cidade, que ficaria conhecida pelo caso. Os jupterianos chegariam a Casimiro de Abreu no dia 8 de março, pontualmente, às 5h20 da manhã.

A chegada deles gerou uma enorme expectativa, que atraiu a imprensa brasileira e internacional. O caso teve cobertura em rede nacional, sendo noticiado numa longa reportagem no Fantástico, da Rede Globo, além de diversos telejornais regionais e mídia impressa. A comoção mundial foi tão grande que a NASA, Agência Espacial norte-americana, enviou pesquisadores à região para acompanhar a recepção aos jupterianos. Ao todo, mais 10 mil curiosos foram para a cidade no dia 8 de março de 1980, quase metade da população local que era de aproximadamente 20 mil habitantes.

Como se sabe, os jupterianos nunca pousaram na cidade e frustraram uma multidão que aguardava ansiosamente pelos discos voadores. As milhares de pessoas que madrugaram no local começaram a vaiar Edílcio Barbosa, conhecido como porta-voz dos extraterrestres, e na sequência se iniciou um tumulto, que obrigou o “Mensageiro de Júpiter” a sair escoltado pela polícia militar. Na época, ele alegou que os extraterrestres não pousaram na cidade devido ao grande número de curiosos e que eles haviam transferido a “chegada” para uma cidade vizinha, alguns dias depois. De novo, eles não apareceram no local.

O sucesso do “Mensageiro de Júpiter” foi tão grande, que o caso ganhou recentemente um documentário contando a curiosa história. Chamado de ´Efeito Casimiro´, o curta-metragem dirigido por Clarice Saliby, ganhou prêmios nacionais e internacionais. O documentário foi lançando em 2013, em Nova York, nos Estados Unidos.

Recepção aos Jupterianos

A recepção organizada aos extraterrestres foi digna de um primeiro contato da humanidade com vida fora da Terra. Com a equipe da Defesa Civil do Estado e o hospital local de prontidão, a cidade de Casimiro de Abreu estava em festa para recebê-los. O tratamento VIP oferecido aos jupterianos fez até a prefeitura local instalar um orelhão, um luxo para época, próximo a pisa de pouso.

As homenagens não terminaram por aí. Também foi organizado um passeio em carro aberto pela cidade, um café da manhã para os extraterrestres e o dia se encerraria com um Baile Oficial. Como lembrança da Terra, o então prefeito de Casimiro de Abreu comprou uma enciclopédia com a história da humanidade para presentear os jupterianos.

Dennys Marcel

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar