Sem categoria

Não há data para Acauã receber água de Boqueirão, diz Dnocs

acaua-seco-chico-martins-correio-online-696x408-300x176 Não há data para Acauã receber água de Boqueirão, diz Dnocs

Ainda não há uma data definida para que a barragem Argemiro de Figueiredo, conhecida como Acauã, que fica no município de Itatuba, Agreste paraibano, receba água do açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão. A afirmação foi dada pelo coordenador do do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Alberto Gomes, nesta sexta (9).

Segundo Alberto, é o Dnocs quem regulariza esta liberação de água e o órgão não havia fixado nenhuma data para esta ação. Ele afirmou ainda que a partir desta sexta-feira (9) até o dia 22 deste mês irão ocorrer testes no local e que só após esta data ocorrerá de fato a liberação.  Porém, ele garante que irá ocorrer ainda no mês de março.

A expectativa é que Acauã  vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos (m³) de água do açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão.

Leia também: ANA libera e água do Boqueirão vai para Acauã na sexta

A resolução que autoriza a abertura da comporta de Boqueirão foi publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (7) pela Agência Nacional das Águas (ANA) e a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

A situação de Acauã ficou crítica por conta da estiagem nos últimos cinco anos. Atualmente, o açude tem apenas 3,47% da capacidade, o equivalente a 7 milhões de m³. Com o auxílio de Boqueirão, que tem mais de 411 milhões de m³, a previsão é de que o abastecimento seja regularizado nos municípios de Itatuba, Ingá, Itabaiana, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Pilar, São José dos Ramos e Salgado de São Félix, além dos distritos de Zumbi e Boqueirão de Gurinhém, beneficiando cerca de 100 mil pessoas.

“A responsabilidade pela operação da comporta de Boqueirão ficou a cargo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Solicitamos ao Dnocs que a abertura fosse feita nesta sexta-feira. Como os resultados dos testes realizados na semana passada foram satisfatórios, não teremos problemas para controlar a vazão da água”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

De acordo com o presidente da Aesa, a abertura da comporta não prejudicará Campina Grande e outras 18 cidades que são abastecidas pelo reservatório Epitácio Pessoa.

Dnocs

 

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as mais Recentes

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar