Policial

Presos suspeitos de crime que terminou na morte de vigilante em CG

policia-civil-foto-divulgação-3-696x519-300x224 Presos suspeitos de crime que terminou na morte de vigilante em CG

Foram presos, na manhã desta segunda-feira (25), dois homens suspeitos de participação na tentativa de resgate de um apenado em uma clinica de Campina Grande, que terminou com a morte do vigilante do local, em crime que aconteceu nesta segunda, no bairro da Prata.

Ao Portal Correio, o delegado Luciano Soares, superintendente da Polícia Civil em Campina Grande, contou que logo após a tentativa de resgate e troca de tiros, policiais conseguiram perseguir os carros que os suspeitos estavam. Os veículos foram localizados e dois homens presos.

“Conseguimos localizar os carros e dois suspeitos em um local de Zona Rural aqui de Campina Grande, onde confirmamos que o que houve foi a tentativa de resgate do detento que iria passar por um exame. Porém, acreditamos que pelo menos seis pessoas tenham participado dessa tentativa, que terminou em troca de tiros e na morte do vigilante”, disse o delegado.

Ainda conforme o delegado, o detento que iria ser resgatado cumpre pena por tráfico de drogas e homicídio no Presídio do Serrotão. Ele também será responsabilizado pela morte do vigilante.

“Esse detento cumpre pena no Serrotão e agora também será responsabilizado pela morte do vigilante, então deverá ganhar mais alguns anos preso. Além disso, nesta segunda, também prendemos o pai e a mãe desse detendo por tráfico de drogas”, concluiu o delegado.

O crime

O vigilante Diego Oliveira, de 23 anos, foi morto a tiros, na manhã desta segunda, em uma clínica de diagnóstico por imagem onde prestava serviço.

A morte aconteceu quando bandidos fortemente armados chegaram ao estabelecimento, que fica no bairro da Prata, e efetuaram vários tiros na tentativa de resgatar um detento que havia chegado ao local para passar por exames.

Segundo uma testemunha, apenas um homem encapuzado desceu de um dos carros e atirou várias vezes. O segurança foi baleado e morreu no local. O carro de escolta penitenciária também foi atingido por um tiro. Além disso, uma farmácia próxima a clínica também foi atingida por disparos, mas nenhum funcionário ou cliente se feriu.

PORTAL CORREIO

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar