Mundo

‘Todas as nações têm o dever de agir’ contra o Irã, diz Trump na ONU

trump-on-585x390 ‘Todas as nações têm o dever de agir’ contra o Irã, diz Trump na ONU

Em discurso na Assembleia-Geral das Nações Unidas nesta terça-feira, 24, em Nova York, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reafirmou sua posição dura em relação ao Irã e convocou todas as nações do mundo a tomarem posição para impedir que o regime desenvolva armas nucleares. “Todas as nações têm o dever de agir”, disse.

“Nenhum governo responsável deveria satisfazer o desejo de sangue do Irã”, afirmou. “Enquanto o comportamento ameaçador do Irã continuar, as sanções não serão levantadas. Elas serão reforçadas”

Teerã e Washington estão atualmente envolvidos em um grande conflito, depois que drones atacaram duas refinarias da estatal petrolífera Saudi Aramco na semana passada. O ataque foi reivindicado pelos rebeldes houthis do Iêmen, mas os Estados Unidos e a Arábia Saudita culpam Teerã.

Trump, contudo, falou em “abraçar uma amizade” com todas as nações que “buscam genuinamente a paz” e afirmou que os Estados Unidos “nunca acreditaram em inimigos permanentes”.

“Os Estados Unidos não querem conflito com nenhuma outra nação, mas eu nunca falharei em defender os interesses americanos”, disse.

O discurso do presidente dos Estados Unidos, como de hábito, foi o segundo, após o do Brasil, feito por Jair Bolsonaro. Em um pronunciamento de mais de 30 minutos, o líder americano ainda reforçou sua posição anti-globalização e destacou a importância da soberania e do patriotismo. “O futuro não pertence aos globalistas. O futuro pertence aos patriotas”, disse.

Trump afirmou que “o mundo livre” deve proteger a sua estrutura nacional, e não tentar substituí-la. “Se querem liberdade, mostrem orgulho pelo seu país”, afirmou o governante americano.

Trump ainda dedicou boa parte do seu pronunciamento à guerra comercial com a China, à imigração ilegal nos Estados Unidos, ao incentivo de direitos como liberdade de expressão e religião, fim da homofobia e sexismo e à crítica ao regime venezuelano.

VEJA

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar