Política

Em audiência, Câmara de Cabaceiras cobra por segurança e governo ignora

audiencia_cabaceiras-300x169 Em audiência, Câmara de Cabaceiras cobra por segurança e governo ignoraA Câmara Municipal de Cabaceiras (CMCAB) realizou, nesta quarta-feira (25), audiência pública para cobrar mais segurança à população. O evento, realizado no plenário da casa legislativa, contou com a presença de diversas autoridades.

A audiência foi presidida pelo presidente Poder Legislativo, Renato Maracajá (PC do B), e teve a participação dos prefeitos e presidentes de câmaras de São Domingos do Cariri, Barra de São Miguel e Boqueirão, além do promotor Dr. Fernando Cordeiro, delegado da Polícia Civil Cícero Filho, dos deputados estaduais Doda de Tião (PTB) e Bruno Cunha Lima (PSDB, e da comandante da Companhia de Polícia Militar de Boqueirão, capitã Lúcia e representantes da sociedade civil organizada.

Entre as indagações feitas a autoridades responsáveis pela segurança pública, está o abastecimento da viatura da cidade, que tem que se deslocar até a cidade de Queimadas para abastecer, deixando a cidade sem guarnição.

Comerciantes da cidade também tiveram oportunidade de clamar por mais segurança. A empresária Rosilene Diniz, que gera trinta empregos diretos e indiretos na cidade, disse que não suporta mais conviver com tanta violência e insegurança

“Estamos tendo um enorme prejuízo porque só estamos abrindo o nosso comércio com a chegada da polícia. Pagamos impostos caríssimos e o Estado não garante nossa segurança. Onde vamos parar?”, disparou.

O prefeito de Cabaceiras, Luiz Aires Cavalcanti, falou do apoio que a Prefeitura dá ao destacamento.

“Sabemos que a segurança pública é um problema nacional, mas a Prefeitura de Cabaceiras vem ajudando da forma que pode, com alimentação e casa de apoio para o destacamento”, destacou o gestor.

O presidente da Casa, Renato Maracajá, avaliou que a audiência não deu o resultado esperado e, segundo ele, a Câmara não poupará esforços na busca por mais segurança para a população cabaceirense.

“A Câmara fez sua parte no momento em que realizou essa audiência. Como não tivemos êxito, na próxima semana vou montar uma comissão com representes do comércio e o prefeito Luiz para juntos irmos até João Pessoa e se reunir com o secretário de Segurança Pública, Cláudio Lima. O Poder Legislativo não vai cruzar os braços diante dessa situação”, finalizou Maracajá.

Um documento foi confeccionado para ser entregue a Cláudio Lima apontando as maiores dificuldades enfrentadas nos municípios da região, com Cabaceiras, São Domingos do Cariri, Boqueirão e Barra de São Miguel.

Com Ascom

 

 

 

 

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar