Esportes

Fluminense sofre, não sai do 0 a 0 e se complica na Taça Guanabara

O resultado espelhou o rendimento das duas equipes em campo. O Fluminense ficou mais tempo com a bola nos pés, mas as melhores chances foram criadas pela Portuguesa, principalmente no segundo tempo, quando conseguiu mandar duas bolas nas traves tricolores. Depois do jogo, a torcida do Fluminense vaiou o time e xingou os dirigentes.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Madureira, no Raulino de Oliveira; a Portuguesa vai encarar o Macaé no Moacyrzão.

Muita disputa e pouca bola no chão foi o que se viu entre Fluminense e Portuguesa nessa quarta (Foto: Lucas Merçon/FFC)

O jogo 
A torcida do Fluminense tomou um susto antes do primeiro minuto. Após bola levantada. na cobrança de um lateral, na área tricolor, a zaga vacilou e Marcão cabeceou para boa defesa de Júlio César. A primeira investida tricolor aconteceu aos quatro minutos quando Douglas recebeu de Sornoza e mandou a bomba que passou perto do gol defendido por Milton Raphael.

A Lusa voltou a incomodar aos cinco minutos após nova cobrança de lateral. O goleiro Júlio César não saiu e Alexandro cabeceou para fora, desperdiçando boa chance.

A exemplo do que já aconceceu no clássico diante do Botafogo, o técnico Abel Braga armou a equipe com três zagueiros para dar mais liberdade aos laterais, mas o time não conseguia criar condições de chegar ao gol da Portuguesa. O Fluminense errava muitos passes e causava muita irritação na torcida.

A Portuguesa voltou a assustar aos 21 minutos em chute muito perigoso de Maicon Assis.

Aos 32 minutos, o time da Ilha do Governador voltou a criar outra grande chance para marcar. Sassá ganhou de Renato Chaves na corrida e cruzou para a entrada de Jhonnatan que bateu para fora, desperdiçando grande oportunidade.

A Portuguesa dominava completamente e quase marcou aos 37 minutos quando Cássio cruzou da direita e Alexandro mergulhou para cabecear com muito perigo.

O Fluminense só voltou a acordar aos 40 minutos quando Sornoza bateu falta no ângulo e Milton Raphael fez grande defesa, espalmando para escanteio. Aos 43 minutos, Alexandro se aproveitou da indecisão da zaga e entrou na área, mas foi derrubado por Gum em pênalti claro a favor da Portuguesa que a arbitragem não marcou.

O técnico Abel Braga decidiu modificar o esquema do Fluminense, trocando o zagueiro Renato Chaves pelo meia Robinho. A mudança fez o Tricolor das Laranjeiras voltar mais agressivo e aos sete minutos, a bola sobrou para Sornoza na área, mas o chute do equatoriano explodiu na zaga.Um minuto depois,a Portuguesa saiu em velocidade e Jhonnatan furou de forma bisonha.

O Fluminense respondeu com um chute de Pedro que obrigou Milton Raphael que espalmou para escanteio. A subida do Tricolor para o ataque abriu espaços e a Lusa da Ilha desperdiçou chances claras de gol aos dez e 12 minutos. Maicon Assis conseguiu chutar por cima do travessão quando estava livre na pequena área.

Aos 15 minutos, Sassá recebeu na esquerda, iludiu a marcação e bateu para outra defesa difícil de Júlio César. ALusa continuava mais ajustada em campo e aos 26 minutos, após toque de Cássio, Fabinho colocou no canto, mas a bola bateu na trave direita defendida por Júlio César. Aos 29 minutos, após cobrança de falta, Júlio César saiu mal e Marcão cabeceou no travessão.

Irritada com a atuação da equipe, a torcida tricolor pediu a contratação de jogadores e ofendeu o presidente Pedro Abad.

O Fluminense melhorou depois dos 30 minutos e passou a atuar mais no campo do adversário. Aos 38, Pablo Dyego cruzou da direita e Pedro cabeceou para fora. Aos 43 minutos, Robinho fez grande jogada individual e tocou para Ayrton que bateu cruzado para fora. Nos acréscimos, Sornoza dividiu com Fabinho, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 0 PORTUGUESA

Local: estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 24 de janeiro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Daniel do Espírito Santo Parro
Cartões amarelos: Sornoza, Matheus Alessandro, Pablo Dyego (Flu); Luan, Maicon Assis, Sassá, Abuda (Port)
Cartão Vermelho: Sornoza (Flu)

FLUMINENSE: Julio Cesar, Gum, Renato Chaves(Robinho) e Ibañez; Gilberto (Pablo Dyego), Douglas (Matheus Alessandro), Jadson, Junior Sornoza e Ayrton; Marcos Júnior (Caio) e Pedro
Técnico: Abel Braga

PORTUGUESA: Milton Raphael; Cássio, Marcão, Luan e Diego Maia; Muniz(Abuda), Jhonnatan e Maicon Assis(Rayllan); Romarinho (Philip), Alexandro (Thiago Amaral) e Sassá (Fabinho)
Técnico: João Carlos Ângelo

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar