DestaquesPolicial

Avó paterna é suspeita de jogar panela com água quente em criança de 3 anos em Monteiro.

agua-quente-em-criança-300x169 Avó paterna é suspeita de jogar panela com água quente em criança de 3 anos em Monteiro.Um caso lamentável aconteceu no início da semana no município de Monteiro no Cariri Paraibano, onde uma criança teve queimaduras de 3º grau após uma panela com água quente cair sobre seu corpo. O fato novo foi que após ser encaminhada para o hospital de Emergência e Trauma de Campina grande foi que a criança acusou a avó paterna de ter jogado a panela com água quente em seu corpo.

Nossa equipe tomou conhecimento do fato após uma entrevista do delegado Dr. Joaldo delegado 14 ª Seccional de Policia Civil de Monteiro, quando concedeu uma entrevista na rádio 95 FM, do município de Sumé ao Jornalista Paulo Viana.

Confira na integra
O Delegado foi questionado sobre a agressão a uma criança de 3 anos da cidade de Monteiro se o mesmo confirmava esse caso ?
Dr. Joaldo: No final da tarde, tomamos conhecimento por meio do conselho tutelar, que o hospital regional de Monteiro recebeu uma criança com queimaduras no pescoço, na orelha e nas costas, decorrente do lançamento de água quente nas costas, a informação que tivemos inicialmente que essa queimadura foi realizada pela própria avó paterna dessa criança, esse fato foi relatado no Hospital de Trauma, devido à gravidade dos ferimentos, o médico plantonista do Hospital Regional de Monteiro encaminhou a criança para o hospital de trauma de Campina Grande, e acabamos de manter contato com os assistentes sociais daquele hospital, e foi informado que a criança seria submetida a uma intervenção cirúrgica para aplicar a medicação com relação as queimaduras que ela sofreu, no momento que estava sendo atendido a criança revelou ao médico de plantão que teria sido a avó paterna que lançou a água quente. Então é lamentar, que uma pessoa que tem o dever de proteger uma criança de três anos de idade, que não tem como se defender. Nos amanhã estaremos recebendo o relatório do conselho tutelar, e já temos informações dos assistentes sociais do hospital de trauma de campina grande, vamos enviar documentos para o hospital para que possa ser feito o exame de corpo de delito, certamente vai ser ouvido outras pessoas, intimar a avó paterna para que ela de o esclarecimento por qual motivo ela ter sido tão covarde com a criança, a gente sabe que é uma situação grave, mas cabe a gente investigar e concluir a investigação e fazer com que a pessoa que cometeu esse ato responda esse processo na justiça.

OPIPOCO com informações da 95 FM de Sumé

O Portal está  disposição para qualquer esclarecimento das partes.

[email protected]

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Não Permitido!
Fechar