CidadesDestaques

Proibida de acontecer em Pernambuco, vaquejada de Sertânia é transferida para parque Vila Cowtry em Sumé e causa revolta

aa4d575a-99dd-4933-bf07-038dffd85a86 Proibida de acontecer em Pernambuco, vaquejada de Sertânia é transferida para parque Vila Cowtry em Sumé e causa revoltaUma vaquejada que ocorreria no Parque Cordeiro e Caldas, na cidade de Sertânia, foi transferida para o Parque Vila Cowtry, na cidade de Sumé, no Cariri Paraibano. O anúncio causou alvoroço e revolta em parte da população sumeense, que ver o aumento de internações por causa da Covid-19 em toda a região e sabe da aglomeração que provoca um evento desta natureza.

O evento foi barrado de acontecer no município de Sertânia-PE, por causa de decretos que proibia tal realização. Como há a permissão de realização de vaquejadas sem venda de bebida alcoólica ou shows artísticos na Paraíba, a organização transferiu a vaquejada para o município de Sumé.

Após o anúncio, as redes sociais em Sumé começaram a ser tomados por comentários em protesto contra a realização do evento e o prefeito da cidade, Éden Duarte, chegou a se pronunciar na Rádio Cidade FM.

“Desde o início da pandemia, minha postura foi a de seguir integralmente o decreto estadual e assim continuo a fazer. Como neste momento, o Governo do Estado permite a realização de vaquejadas não aberta ao público, não adotarei medida diferente, pois sempre defendi que a Secretaria Estadual de Saúde sabe a melhor normativa a adotar. Entretanto, os órgãos de vigilância estarão fazendo a devida fiscalização e caso haja qualquer descumprimento, vamos autuar dentro da lei”, ponderou o prefeito.

A reportagem do portal, tentou um contato com o Ministério Público e o Poder Judiciário local para saber se os órgãos se posicionarão sobre a realização da vaquejada, mas ainda não conseguimos resposta. O MP de Sumé, na última semana, recomendou pela não realização de um velório em espaço público, a fim de evitar aglomerações em meio a pandemia.

A população de Sumé tem se manifestado preocupada, porque eventos como vaquejada reúnem significativo número de pessoas, ainda que sem uma programação aberta ao público. Outros externam revolta pelo fato de equipamentos esportivos se manterem fechados e a vaquejada não possuir restrições.

De Olho no Cariri

Etiquetas

O Pipoco

Jornalismo sério com credibilidade. A Verdade nunca anda sozinha. Apresentaremos fatos num jornalismo investigativo e independente. Com o único compromisso de mostrar para Você, Cidadão, o que acontece nos bastidores da Política; da Administração e Outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar